Compulsão Alimentar: o que é e como controlar

A Compulsão Alimentar é uma síndrome cuja característica mais marcante é a ingestão de grande quantidade de comida sem necessariamente a pessoa estar com fome ou com necessidade física do alimento. Quem sofre com Compulsão Alimentar não tem controle sobre o que come e o quanto come.

Mas nem sempre comer demais pode ser considerado Compulsão Alimentar. É sobre isso que falaremos no artigo abaixo. Além disso, falaremos também sobre as causas do problema e como controlá-lo.

Compulsão Alimentar: diagnóstico, causas e tratamento

compulsão alimentar o que éSegundo o Manual Diagnóstico e Estatístico das Perturbações Mentais (DSM – IV), uma pessoa pode ser diagnosticada com Compulsão Alimentar quando come exageradamente pelo menos 2 vezes por semana, e quando esse comportamento se estende por mais de 6 meses.

Além dos critérios citados acima, o comportamento de comer em excesso, necessariamente, deve estar acompanhado de perda de controle do que está sendo ingerido e do quanto está sendo ingerido, e não pode haver comportamento de tentativas de não ganho de peso, como vômitos. Caso haja esse comportamento, não se trata de Compulsão Alimentar, mas de Bulimia.

Mas apesar de existir todos esses parâmetros para saber o que é e o que não é Compulsão Alimentar, esse transtorno ainda não é totalmente especificado. Novas pesquisas estão sendo feitas no sentido de tornar o diagnóstico mais preciso.

Mas se você suspeita que está sofrendo com Compulsão Alimentar, alguns sinais podem te ajudar a identificar o problema. Mas para ter certeza, o recomendado é procurar um profissional de saúde, como um psicólogo. Esse profissional tem condições de fazer uma avaliação precisa e prescrever um tratamento.

Veja os principais sinais da Compulsão Alimentar:

1 – A pessoa costuma ingerir grande quantidade de alimento sem estar com fome, e mesmo quando sente o estômago cheio, ainda continua a comer. Isso acontece pelo menos 2 vezes por semana.

2 – A pessoa costuma esconder comida e muitas vezes se esconde para comer.

3 – A pessoa come rápido demais com uma sensação de urgência.

4 – Sente um apego estranho por embalagens de alimentos, mesmo elas estando vazias.

5 – Estresse, ansiedade, preocupação e tristeza são fatores que muitas vezes levam a pessoa a pensar em comida e ingerir alimento em excesso, mesmo sem fome.

6 – Após comer em excesso a pessoa sente uma grande culpa.

7 – A pessoa se sente muito insatisfeita com seu peso e aparência.

Esses são alguns sinais que podem indicar a presença de Compulsão Alimentar, porém, como já foi dito, é importante procurar a orientação de um profissional de saúde, afinal, ele é quem terá condições de fazer um diagnóstico e prescrever o tratamento adequado.

Quais são as causas da Compulsão Alimentar?

Não é possível dizer com 100% de segurança quais são as causas da Compulsão Alimentar.

Vários fatores podem estar envolvidos no problema, como, por exemplo:

1 – Fatores de ordem genética (quadros depressivos-ansiosos na família).

2 – Fatores socioculturais, como a valorização de determinados padrões de estética corporal. Esses fatores, aliados ao sentimento de culpa da pessoa, que se sente muito longe do padrão considerado adequado, podem também levar à Compulsão Alimentar.

O fato é que não é possível estabelecer causas específicas para a Compulsão Alimentar, já que vários fatores distintos podem acarretar o problema. Por isso é tão importante procurar a orientação de um profissional de saúde.

Compulsão Alimentar e tratamentos

Como a Compulsão Alimentar está associada a questões de ordem psicológica, o tratamento mais indicado é o acompanhamento psicológico.

O psicólogo é o profissional que tem mais condições de identificar as causas do problema.

Além disso, ele também fará os encaminhamentos que julgar necessário, porque o tratamento da pessoa que sofre com Compulsão Alimentar precisa ser multidisciplinar, ou seja, vários esforços devem se unir no sentido de ajudar a pessoa a lidar melhor com o alimento e com as situações que causam ansiedade, tristeza, estresse e medo. 

Leia também:

Recomendados Para Você:

Cadastre-se Agora e Receba Nosso Livro Digital e Nossas Dicas de Emagrecimento Saudável No Seu Email. Aproveite, É Grátis!

100% livre de spam.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

1 Comentário

  1. daniela disse:

    acho que tenho