Dieta da carne: como funciona e como fazer

A dieta da carne é bastante conhecida, já que é um dos regimes que mais funcionam para quem deseja perder peso rápido.

Apesar dos conselhos de muitos especialistas, que dizem que a dieta da carne pode provocar alguns problemas de saúde, essa dieta ainda é muito procurada, e está longe de sair de moda.

No artigo abaixo eu vou explicar como funciona essa dieta, e como fazê-la para perder peso mais rápido. Também falarei dos prejuízos que esse regime pode trazer para a saúde.

Como funciona a dieta da carne

dieta da carneO princípio da dieta da carne é bastante simples: você deve trocar os alimentos ricos em carboidratos por carne branca e vermelha.

Os carboidratos são a principal fonte de energia do organismo. O problema é que alguns alimentos ricos em carboidratos são digeridos muito rapidamente, e provocam uma elevação dos níveis de glicose no sangue.

Essa elevação dos níveis de glicose força o pâncreas a secretar muita insulina, e isso favorece o aumento de peso e também provoca muita fome.

Ao substituir os alimentos ricos em carboidratos por carnes, seu organismo recebe uma grande quantidade de proteínas e gordura. Isso provoca saciedade e, ao mesmo tempo, favorece a queima de gordura.

Mas porque a dieta da carne favorece a queima de gordura?

A resposta para essa pergunta é bastante simples.

Ao ser privado de carboidratos, o corpo é obrigado a buscar uma nova fonte de energia. A boa notícia é que ele sabe que a gordura armazenada é um excelente combustível.

Funciona assim:

A dieta da carne obriga o corpo a entrar em cetose. Isso quer dizer que ele começa a queimar muita gordura para produzir energia.

Quanto mais gordura o corpo queima, mais peso a pessoa perde.

Além disso, quando o corpo entra em cetose, é comum sentir menos fome e menos vontade de comer doces. É por isso que a dieta da carne é um dos regimes mais fáceis de seguir, e que provoca os resultados mais rápidos.

Posso comer outros alimentos além de carne?

É claro que você não precisará comer apenas carne. Outros alimentos podem ser incluídos na sua alimentação.

O que você deverá riscar do seu cardápio são os alimentos ricos em carboidratos. Também deve cortar o consumo de refrigerantes, doces e bebidas alcoólicas.

Se você deseja mais informações sobre o que comer e o que evitar, sugiro que leia o artigo que escrevi sobre a Dieta Dukan. A dieta da carne segue um princípio muito parecido com o dessa dieta — existem também vários outros regimes que restringem o consumo de carboidratos e sugerem o aumento do consumo de proteínas e gordura. Você pode conhecer alguns deles Aqui e Aqui.

Cuidados que você deve tomar com a dieta da carne

É verdade que a dieta da carne proporciona emagrecimento rápido, no entanto, você não deve segui-la por mais de 3 meses.

Essa dieta, quando seguida por longos períodos de tempo, pode provocar vários problemas de saúde, como entupimento de vasos sanguíneos, AVC, insuficiência renal, irritabilidade, ansiedade, insônia, dentre outros.

Além disso, a falta de carboidratos pode fazer você sofrer tonturas, desmaios e fraqueza.

P.S. – Antes de iniciar a dieta da carne, procure um médico ou nutricionista. 

Recomendados Para Você:

Cadastre-se Agora e Receba Nosso Livro Digital e Nossas Dicas de Emagrecimento Saudável No Seu Email. Aproveite, É Grátis!

100% livre de spam.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

2 Comentários

  1. Thatianne disse:

    Bom dia, escolhi a dieta da carne por que sinceramente é o que eu mais gosto de comer, vou inicia-la agora, e espero que dê resultados! Comer é a melhor coisa do mundo, não dá pra explicar. Mas ser gordinha e nao caber nas roupas é pior ainda

  2. Natanael disse:

    Cristiano, é fato de que os carboidratos são a principal fonte de energia do corpo, mas não devemos de jeito nenhum riscá-los da nossa alimentação, independente de qual seja. O que devemos cortar são os carboidratos não naturais, industrializados, esses sim fazem um mal danado!

    Na magnífica natureza temos incríveis fontes de carboidratos inteligentes, como por exemplo, as verduras fibrosas:

    – couve-flor, espinafre, brócolis, etc. Essas além de ficarem saborosas com manteiga 100% natural junto com a carne, também são bem práticas e servem para inúmeras receitas.