Dieta do metabolismo rápido: saiba como funciona esse regime

Você já ouviu falar da dieta do metabolismo rápido? Essa dieta é um programa de emagrecimento criado pela nutricionista norte americana Haylie Pomroy. O objetivo desse regime é acelerar o metabolismo, potencializar a queima de gordura e provocar emagrecimento rápido.

Essa dieta tem feito bastante sucesso nos Estados Unidos, inclusive, várias celebridades de Hollywood a tem utilizado para emagrecer em tempo recorde.

Quer saber exatamente como funciona a dieta do metabolismo rápido? Então leia o texto abaixo agora mesmo e saiba todos os detalhes.

Como funciona a dieta do metabolismo rápido

dieta do metabolismo rápido como fazerO metabolismo lento é considerado um vilão quando o assunto é perder peso, afinal, quando o metabolismo fica lento a queima de calorias praticamente cessa, então, fica muito mais difícil acabar com as gordurinhas indesejadas.

Dietas restritivas, falta de exercícios físicos, genética, idade e sexo são fatores que podem influenciar o metabolismo. Até mesmo a temperatura do ambiente pode acelerar ou desacelerar o metabolismo.

Mas o fato é que quanto mais acelerado o metabolismo, mais fácil se torna queimar calorias e destruir as gorduras indesejadas. É aí que a dieta do metabolismo rápido pode dar uma grande força (pelos menos segundo a autora do programa).

As fases da dieta do metabolismo rápido

A dieta do metabolismo rápido é dividida em 3 fases. É necessário repetir as 3 fases toda semana até completar 28 dias. Recomenda-se começar a dieta em uma segunda-feira, assim fica mais fácil encaixar as 3 fases na mesma semana.

As duas primeiras fases da dieta duram apenas 2 dias, e a terceira dura 3 dias. Cada fase tem um objetivo bem específico e, segundo a autora da dieta, é necessário seguir à risca todas as recomendações para conseguir emagrecer até 10 kg em apenas um mês.

Agora vamos ver em detalhes cada uma das três fases do regime do metabolismo rápido.

Fase 1 – Controlar o cortisol

Nessa fase o objetivo principal é diminuir os níveis de cortisol. Quando há excesso de secreção de cortisol (hormônio do estresse), a tendência é ocorrer o aumento dos depósitos de gordura, por isso é sempre importante reduzir os níveis de cortisol.

Durante essa fase a recomendação é comer um pouco mais de carboidrato, isso é recomendando para evitar que o organismo sinta que vai ser submetido a mais um regime.

Os alimentos permitidos nessa fase são as verduras e legumes à vontade (com exceção da batata-doce e cenoura, que devem ser consumidos moderadamente); três ou quatro porções de frutas por dia; proteína animal de forma moderada; proteína vegetal de forma moderada; grãos e amidos.

Por outro lado, na primeira fase da dieta a autora recomenda não consumir nenhum tipo de gordura, nem mesmo as boas, como o azeite de oliva, por exemplo.

É necessário também fazer algum tipo de exercício (uma caminhada é uma boa opção).

Fase 2 – Aumentar a queima de gorduras armazenadas

Essa é a fase mais restritiva da dieta do metabolismo acelerado. Nela não é permitido o consumo de frutas, leguminosas e grãos. Proteínas podem ser consumidas de forma bem generosa.

O objetivo dessa fase é fazer o corpo queimar as gorduras mais antigas que estão armazenadas e que resistiram a todas as outras tentativas de emagrecimento.

Na segunda fase você pode consumir verduras, legumes e frutas à vontade. Proteína de origem animal pode ser consumida de forma controlada.

Proteína vegetal, grãos, amidos e gorduras não podem ser consumidos.

É recomendado fazer exercício com peso pelo menos um dia.

Fase 3 – Potencializar a queima de gordura

O objetivo dessa fase é aumentar a queima de gordura. De acordo com a autora, nessa fase as gorduras estocadas e mobilizadas na fase anterior da dieta são utilizadas com mais intensidade para gerar energia.

Aqui as gorduras boas voltam ao cardápio, além disso, na terceira fase da dieta nenhum grupo de alimento é proibido.

É recomendado também fazer algum tipo de atividade física que proporcione relaxamento (Ioga, massagem, Tai Chi Chuan).

Recomendações

A terceira fase da dieta do metabolismo rápido permite todos os grupos alimentares, no entanto, você deve reduzir o consumo de alimentos industrializados, refrigerantes, bebidas alcoólicas, sal e açúcar em excesso.

É importante também contar com as orientações de uma nutricionista, assim você se previne contra o efeito sanfona, problema muito comum que aflige quem faz dieta atrás de dieta.

Se você ficou com alguma dúvida sobre os alimentos que podem ser consumidos nas três fases, pode dar uma olhada nesse exemplo de cardápio.

Conclusão

A dieta do metabolismo tem feito muito sucesso e vem sendo adotada por muitas pessoas que desejam emagrecer mais rápido, no entanto, é preciso atenção ao seguir uma dieta desse tipo, afinal, cada organismo funciona de uma maneira muito particular.

O que queremos dizer com isso é que algo que funciona para uma pessoa pode simplesmente não funcionar para outra, portanto, a recomendação é buscar orientação de profissional de saúde antes de começar outra dieta.

Cadastre-se Agora e Receba Nosso Livro Digital e Nossas Dicas de Emagrecimento Saudável No Seu Email. Aproveite, É Grátis!

100% livre de spam.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

2 Comentários

  1. Muito bom adorei as dicas. Parabéns!

  2. Filipe Jeremias G abriel disse:

    Muito bom adorei as dicas obrigado