Dieta do repolho para emagrecer sem fazer regimes malucos

A dieta do repolho não é mais uma dessas dietas milagrosas que sempre surgem por aí. Na verdade, a proposta é apenas incluir o repolho na alimentação, de forma a se beneficiar de tudo aquilo que essa verdura oferece.

O repolho não é muito bem visto por algumas pessoas, principalmente pelo fato de que tem fama de ser um grande causador de gases, no entanto, algumas atitudes podem diminuir e até mesmo eliminar esse incômodo, portanto, não é preciso deixar de comer repolho por causa disso.

Como funciona a dieta do repolho

Dieta do repolhoComo já foi dito acima, para fazer a dieta do repolho basta incluir essa verdura na sua alimentação. Se você quiser, pode comer a verdura no almoço e no jantar – lembrando que o seu cardápio deve ser balanceado, para que seu organismo receba todos os nutrientes essenciais ao seu perfeito funcionamento.

Alguns especialistas em nutrição recomendam comer o repolho duas vezes por semana, alternando com outros vegetais da mesma família, como a couve-flor e brócolis.

A quantidade indicada pode variar de pessoa para pessoa, nesse caso, o melhor é consultar uma nutricionista para que ela te ajude a definir a quantidade ideal. Contudo, muita gente come um prato de sobremesa cheio em cada refeição, sendo que uma dica interessante é comer o repolho primeiro, e só depois comer o acompanhamento. Essa artimanha pode aumentar a saciedade e te ajudar a comer menos.

Muita gente tem dúvidas sobre qual repolho comer, o roxo ou o branco. Profissionais de nutrição dizem que os dois tipos têm as mesmas propriedades benéficas, no entanto, o repolho roxo possui uma quantidade maior de nutrientes. Mas a dica é sempre comer os dois tipos de forma alternada, assim você aproveita bem os benefícios da verdura.

O repolho pode ser consumido cru, como ingrediente de saladas e também pode ser refogado ou utilizado para rechear outros alimentos. Outra opção é utilizá-lo na preparação de sucos detox.

Outros benefícios

A dieta do repolho pode te ajudar a perder peso, no entanto, o consumo regular de repolho pode proporcionar outros inúmeros benefícios.

O repolho é rico em glicosinolatos e, segundo alguns estudos, o consumo regular de repolho pode a evitar o câncer de intestino.

Essa verdura também é rica em fibras, sendo, portanto, um ótimo alimento para ajudar a aumentar a saciedade e melhorar o funcionamento do intestino.

O repolho é uma ótima fonte de vitamina C, e ajuda a melhorar o funcionamento do sistema imunológico.

É fonte de potássio, sendo um grande aliado no controle da pressão arterial.

Folatos e betacarotenos também estão presentes no repolho, e por isso ele é bom para a pele e para a visão.

O repolho também dá uma força para melhorar a coagulação sanguínea, pois é rico em vitamina K. Além disso, é um alimento que pode ajudar a prevenir a anemia, já que tem vitamina B6 e ferro.

Além de tudo isso, o repolho contém potássio, manganês, cobre, vitamina B, fósforo, vitamina B2, cálcio, selênio, colina, ácido pantotênico, niacina.

Outra vantagem do repolho é que ele possui poucas calorias, o que ajuda quem deseja emagrecer de forma saudável.

Como evitar gases

Para quem sofre com gases, o repolho pode piorar um pouco esse problema, principalmente se for consumido em excesso.

Para evitar os gases, ou amenizar um pouco o problema, a dica é beber bastante água. Se exercitar também pode ajudar.

Outra dica é beber chá de funcho com erva-cidreira, nesse caso, a recomendação de especialistas é tomar até 2 xícaras de chá por dia.

Você também pode diminuir o consumo de repolho e observar se o problema com os gases diminui também.

Considerações finais

Comer repolho regularmente pode te ajudar a perder peso, no entanto, lembre-se: para emagrecer é preciso manter uma dieta saudável e se exercitar de forma correta e com regularidade.

Cadastre-se Agora e Receba Nosso Livro Digital e Nossas Dicas de Emagrecimento Saudável No Seu Email. Aproveite, É Grátis!

100% livre de spam.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!