Dieta mediterrânea: conheça esse regime saudável

A dieta mediterrânea é um regime que pode te ajudar a emagrecer com saúde, e se você se esforçar e não abandonar essa dieta, com certeza terá ótimas chances de conseguir manter o peso ideal.

Mas de onde veio essa dieta?

A dieta mediterrânea é inspirada na alimentação diferenciada das pessoas que residem nos locais banhados pelo famoso Mar Mediterrâneo.

Os costumes alimentares desses povos são sinônimos de vida saudável, inclusive, diversos programas de TV, artigos científicos e reportagens já foram feitos demonstrando os benefícios de se adotar uma alimentação baseada no cardápio diário das pessoas que vivem às margens do Mediterrâneo.

Por que a Dieta Mediterrânea é considerada sinônimo de alimentação saudável?

dieta mediterrânea é boaAo contrário das dietas malucas que existem por aí, a Dieta Mediterrânea não exige que a pessoa passe fome, e também não exclui grupos alimentares do cardápio. Muito pelo contrário, ela prioriza uma alimentação saudável e balanceada.

Ao seguir esse regime alimentar, você deverá consumir peixes, azeite de oliva, frutas, cereais, ervas de cheiro, leite e derivados, vinho (com moderação). Além disso, deverá reduzir bastante o consumo de alimentos processados, carnes vermelhas e alimentos ricos em gordura animal. Também é importante reduzir o consumo de doces.

Como fazer a Dieta Mediterrânea

Para fazer essa dieta você não precisará quase morrer de fome, como acontece no caso de seguir dietas restritivas, como a dieta da USP, por exemplo.

O que você deve fazer é simplesmente seguir os mesmos hábitos alimentares das pessoas que vivem nas regiões banhadas pelo Mar Mediterrâneo.

Você deve incluir nas suas refeições os seguintes alimentos:

  • Cereais: esses alimentos são muito importantes para fornecer energia ao organismo. Os cereais integrais são fontes de carboidratos, minerais, fibras e vitaminas.
  • Oleaginosas: são fontes de gorduras mono e polinsaturadas (gorduras boas). Essas gorduras são importantes para reduzir o colesterol ruim. Além disso, as oleaginosas são ricas em Selênio e Vitamina E, portanto, têm ação antioxidante, protegendo o organismo do envelhecimento precoce.
  • Frutas e hortaliças: alimentos importantíssimos para fornecer minerais, fibras e vitaminas para o organismo. O consumo de frutas e hortaliças trazem diversos benefícios para a saúde, inclusive, ajuda a prevenir o câncer.
  • Leguminosas: as leguminosas não podem faltar no cardápio de quem desejar seguir a Dieta Mediterrânea. Elas são alimentos ricos em fibras, portanto, ajudam a regular o funcionamento do intestino, diminuem o LDL (colesterol ruim), prevenindo o aparecimento de doenças cardiovasculares.
  • Peixes: as pessoas que vivem às margens do Mar Mediterrâneo consomem muito peixe. Ricos em ácidos graxos ômega-3, os peixes são importantes para prevenir doenças cardiovasculares, combater inflamações e controlar os níveis de colesterol no sangue.
  • Vinho tinto: essa bebida possui uma grande quantidade de flavonoides, tendo poderosa ação antioxidante. Além disso, o vinho tinto ajuda a prevenir doenças cardiovasculares, pois combate a formação de placas de gorduras nas paredes internas dos vasos sanguíneos. Mas apesar de trazer vários benefícios para a saúde, você não deve abusar dessa bebida, afinal, o vinho é uma bebida alcoólica e, em excesso, pode trazer graves prejuízos à saúde.
  • Leite e derivados: o leite e seus derivados são excelentes fontes de cálcio, e ajudam a manter a saúde dos ossos, evitando problemas como a osteoporose.
  • Azeite de oliva: o azeite é muito rico em ácido graxo monoinsaturado, portanto, aumenta o HDL (colesterol bom) e favorece a saúde do coração. Mas você não pode exagerar, pois apesar de ser saudável, o azeite de oliva é muito calórico.

Mais uma dica pra você!

A Dieta Mediterrânea realmente pode te ajudar a emagrecer e manter o peso ideal, mas além de fazer a dieta, você precisa também abandonar os hábitos sedentários.

Os povos mediterrâneos têm boa saúde não apenas por causa da alimentação saudável e equilibrada. Eles fazem muito exercício físico, portanto, se você deseja ser tão saudável quanto eles, também precisa manter uma rotina de exercícios.

Importante: Procure uma nutricionista para que ela te ajude a montar um cardápio individualizado.

Cadastre-se Agora e Receba Nosso Livro Digital e Nossas Dicas de Emagrecimento Saudável No Seu Email. Aproveite, É Grátis!

100% livre de spam.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

3 Comentários

  1. Carlos disse:

    Obrigado por esclarecer minha dúvida, estava procurando algo desse tipo para escrever um artigo sobre nutrição para um trabalho de faculdade. Continue assim e você ira longe

  2. A Alimentação Mediterrânea é considerada Património Imaterial da Humanidade.

  3. Gostei bastante dessas dicas. Pois além de ser uma alimentação mais natural e saudável ajudar a manter o peso perdido.
    Lembrando que devemos sempre priorizar uma boa alimentação saudável seguido de uma boa atividade física.