Dieta ortomolecular para emagrecer rápido e com saúde

A dieta ortomolecular está sendo cada vez mais adotada por atrizes famosas, como Letícia Spiller, Priscila Fantin e Juliana Knust , dentre outras. Essa dieta foi criada por um químico americano chamado Linus Pauling, e tem como objetivo corrigir o equilíbrio do organismo, eliminando carências e excessos de vitaminas e sais minerais, por meio de uma alimentação o mais natural possível. Em alguns casos são utilizados também suplementos nutricionais.

A dieta ortomolecular não é uma dieta restritiva, pois não proíbe, por exemplo, o consumo de carboidratos. Veja abaixo como funciona e como você pode emagrecer rápido e com saúde utilizando essa dieta.

Como funciona a dieta ortomolecular

dieta ortomolecular e alimentação planejadaA dieta ortomelecular procura nutrir o organismo de maneira correta, e reparar as perdas provocadas pelo desgaste natural sofrido pelo corpo, bem como as deficiências provocadas principalmente pelo consumo de alimentos industrializados. Além disso, ela tem como objetivo desintoxicar o organismo, livrando-o de substâncias como os radicais livres, que provocam envelhecimento e várias doenças.

Segundo a medicina ortomolecular, a vida corrida das pessoas na atualidade prejudica a ingestão adequada de vitaminas, sais minerais e aminoácidos, isso acaba prejudicando o equilíbrio do organismo, levando ao aumento de peso e ao surgimento de vários problemas, como indisposição, depressão, falta de memória, osteoporose, doenças cardiovasculares, dentre outros.

De acordo com a tese ortomolecular, ao suprir as carências do organismo e ao corrigir os excessos — por meio da alimentação natural e suplementação nutricional —, o metabolismo melhora muito, levando à perda de peso, e melhorando a qualidade de vida da pessoa, que se sente mais disposta, sua pele melhora, suas unhas ficam mais fortes, seus cabelos ficam mais brilhantes, e até mesmo sua libido aumenta.

A alimentação na dieta ortomolecular

A alimentação na dieta ortomolecular é parecida com a de uma reeducação alimentar, entretanto, os alimentos e a suplementação alimentar devem ser consumidos de acordo com os excessos e carências do organismo de cada pessoa.

Na dieta ortomolecular a recomendação é comer pequenas porções várias vezes ao dia (de 02 em 02 horas). Deve-se restringir o consumo de alimentos como as frituras, os ovos e a carne vermelha. Alimentos industrializados, doces e enlatados devem ser evitados ao máximo, pois possuem substâncias que promovem desequilíbrios no organismo.

De acordo com essa dieta, você deve ficar longe dos seguintes alimentos:

– Fast-foods

– Batatas fritas

– Massa folhada

– Gordura vegetal hidrogenada (margarina)

– Praticamente todos os tipos de biscoitos existentes no mercado: mas os recheados são os maiores vilões

– Sorvetes

– Chocolates e bombons: principalmente os diet, que são os que contêm mais substâncias nocivas

– Bolos e tortas recheados

– Pipoca de micro-ondas

– Maionese

– Leite de caixinha: principalmente os achocolatados

– Requeijão cremoso: principalmente os que possuem gordura vegetal hidrogenada

– Pães: principalmente o pão francês e os de massa doce

– Sucos de caixinha

– Sopas, cremes e caldos de carne industrializados

– Temperos e molhos prontos

– Manteiga light

– Pratos feitos com farinha branca

– Açúcar branco

Como começar uma dieta ortomolecular

Se você deseja começar uma dieta ortomolecular para emagrecer rápido e com saúde, precisa procurar um médico. Como essa dieta é baseada na situação nutricional do organismo, são necessários alguns exames que só um médico pode solicitar e analisar com precisão.

A consulta pode durar até mais de uma hora, e o médico fará uma análise da sua situação emocional, nutricional e clínica. Ele solicitará um exame de sangue, que tem como objetivo verificar a situação nutricional do seu organismo. Além disso, pode ser que ele solicite também um exame de cabelo, que é para verificar o teor de metais pesados no seu corpo. O exame de cabelo não é obrigatório para a realização da dieta, mas talvez seu médico peça.

Quando o médico receber os exames, ele terá condições de avaliar com mais precisão a situação nutricional do seu organismo, então ele montará uma dieta levando em consideração todas as carências e excessos nutricionais do seu corpo. Também prescreverá alguns suplementos nutricionais, caso julgue necessário.

Considerações finais

A dieta ortomolecular pode ser uma grande aliada de quem deseja emagrecer rápido e com saúde. Como toda dieta, exige disposição, compromisso e disciplina.

Um ponto negativo dessa dieta é que ela pode se tornar mais cara que outras dietas, pois o acompanhamento médico é indispensável, contudo, vale a pena o investimento, pois os benefícios podem ser bastante interessantes.

Leia Também: Dietas modas: entenda porque você deve ter cuidado

Gostou deste artigo? Deixe o seu comentário abaixo, aproveite também para compartilhá-lo com seus amigos.

5 Comentários