Dieta radical para emagrecer rápido: será que compensa?

Dieta radical é aquela que restringe bastante o consumo de alimentos, levando a pessoa a perder uma grande quantidade de peso em um curto período de tempo. Mas será que compensa fazer esse tipo de dieta?

No artigo abaixo eu vou apresentar os prós e contras das dietas radicais, portanto, peço que você preste bastante atenção aos pontos que eu vou levantar.

Dieta radical: prós e contras

Como quase tudo na vida, uma dieta radical apresenta prós e contras.

Prós

Uma dieta radical, como a dieta da USP, por exemplo, pode fazer você emagrecer bem rápido, e isso pode te deixar feliz e satisfeita com o seu corpo.

dieta radicalA maioria das dietas radicais exige que a pessoa pare de comer alimentos industrializados, doces, bebidas alcoólicas, dentre outras coisas. Isso pode ajudar a desintoxicar o organismo e melhorar a saúde.

Fazer uma dieta radical pode ser uma boa solução quando você precisa perder peso muito rápido, como, por exemplo, para ir a uma festa no fim de semana.

Contras

Se você deseja emagrecer e manter o peso perdido, então fuja das dietas radicais.

Uma dieta radical pode ser bastante interessante para quem deseja perder alguns quilinhos simplesmente para conseguir entrar em um vestido para ir a uma festa no fim de semana. Porém, para quem deseja emagrecer e manter a silhueta perfeita ao longo do tempo, fazer esse tipo de dieta pode trazer efeitos contrários aos desejados.

Quando você faz uma dieta radical, seu organismo se sente ameaçado, então ele trata de economizar energia. Isso diminui bastante o gasto calórico, assim, quando você termina a dieta e volta a comer normalmente, o risco de engordar a jato é extremamente grande, pois o seu organismo começa a receber uma grande quantidade de energia proveniente dos alimentos, mas como ele está no modo de economia, acaba guardando a maior parte dessa energia.

Essa energia que vai sendo acumulada se transforma em gordura, e o que acontece é que seu corpo vai ganhando as mesmas formas que ele tinha quando você começou a dieta.

Esse é o chamado efeito sanfona, e eu me arrisco a dizer que ele é um dos maiores fantasmas que rondam as pessoas que estão sempre lutando contra a balança.

Outro ponto negativo das dietas radicais, é que elas podem prejudicar a sua saúde.

As dietas radicais restringem o consumo de determinados grupos alimentares, como os carboidratos, por exemplo. Isso não é bom, pois elas privam o seu corpo de nutrientes que ele precisa para funcionar de maneira adequada. Portanto, nunca, mas nunca mesmo, siga uma dieta radical por mais de 3 dias, exceto em casos de recomendação médica.

Qual o melhor caminho para emagrecer?

Você precisa ter em mente que o emagrecimento deve ser processo, ou seja, deve acontecer de maneira segura, lenta e gradual.

Emagrecer muito rápido pode até parecer algo interessante, no entanto, a longo prazo, isso pode ser péssimo para a sua saúde e autoestima.

Eu sei que às vezes é difícil ter paciência, no entanto, leve em consideração que você levou muito tempo para atingir o seu peso atual, então, como espera emagrecer de verdade de uma hora para outra?

Para emagrecer de forma saudável e sustentável, procure investir numa reeducação alimentar, e nunca se esqueça de que o seu corpo precisa também de movimento, assim, de forma alguma deixe as atividades físicas de lado.

Recomendados Para Você:

Cadastre-se Agora e Receba Nosso Livro Digital e Nossas Dicas de Emagrecimento Saudável No Seu Email. Aproveite, É Grátis!

100% livre de spam.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

1 Comentário

  1. Dani disse:

    Excelente artigo!
    Realmente é preciso tomar muito cuidado com essas dietas restritivas demais.