Faço dietas sempre, mas não consigo emagrecer, o que está errado?

Você está sempre fazendo dietas, mas não consegue emagrecer? Se exercita todos os dias, mas, mesmo assim, a balança continua a mostrar os mesmos quilinhos indesejados?

Muitas pessoas no mundo inteiro enfrentam esses mesmos problemas que você está enfrentando atualmente. E o pior é que muitas delas não procuram as razões pelas quais esses problemas estão sempre presentes. O que fazem é apenas tentar outra dieta, e mais outra, e assim por diante…

Emagrecer corretamente, e de maneira sustentável, é uma tarefa árdua que envolve uma série de fatores muito importantes, e você precisa ficar atenta(o) a todos eles para não correr o risco de prejudicar a sua saúde ou sofrer com problemas como o efeito platô.

Estou sempre fazendo dietas, mas não emagreço? Qual será o problema?

Faço dietas mas não perco pesoComo já foi falado acima, existem diversos fatores que podem afetar o seu peso, e você precisa levá-los em consideração quando se propõe a emagrecer.

Se você fizer apenas dieta, dificilmente conseguirá emagrecer e manter o peso perdido ao longo do tempo.

Por outro lado, se fizer apenas exercícios, e não se preocupar com a qualidade da sua alimentação, muito provavelmente não alcançará os resultados em perda de peso que tanto deseja.

Mas além desses dois fatores, você precisa levar em consideração os outros que vamos relatar a partir de agora – nesse artigo vamos falar apenas dos fatores mais comuns.

1 – Você está sempre fazendo dietas milagrosas

Na ânsia de perder peso rápido, muitas pessoas recorrem a dietas milagrosas. No início da dieta, a impressão é que vai dar tudo certo, afinal, ocorre uma perda de peso expressiva. A pessoa fica feliz da vida e vangloria a dieta, inclusive, passa ela para um monte de amigos.

O problema é que depois de algumas semanas o emagrecimento simplesmente não acontece mais, e a pessoa começa a ficar preocupada. Algum tempo depois percebe que, ao invés de emagrecer, está é ganhando alguns quilinhos. Meses depois, os quilinhos indesejados estão todos de volta. Esse é o desagradável efeito sanfona se manifestando com todo o seu vigor.

O efeito sanfona é um problema que assombra as pessoas que lutam contra a balança. Sua principal causa são as dietas restritivas, portanto, se você deseja emagrecer e manter um peso saudável ao longo do tempo, fuja das dietas milagrosas que existem por aí.

Para evitar o terrível “engorda emagrece” você precisa se preocupar em manter uma alimentação mais saudável e balanceada. Nada de dietas malucas!

2 – Você está sempre estressada(o)

O estresse é um problema sério que pode afetar o seu peso de forma muito negativa. Ele faz isso de duas maneiras:

1 – O estresse crônico favorece a produção de cortisol. Esse hormônio é capaz de aumentar os depósitos de gordura no corpo, em especial na região da barriga.

2 – Alguns alimentos são capazes de nos proporcionar prazer. Um exemplo são os doces, que favorecem a liberação de substâncias do bem-estar, como a serotonina. Assim, quando estamos constantemente estressados, sentimos uma enorme vontade de comer alimentos que nos proporcionam prazer, e os doces são os preferidos. Como eles são muito calóricos e ricos em açúcar, acabam favorecendo o ganho de peso.

A mensagem aqui é a seguinte: se você está constantemente estressada(o), precisa procurar maneiras de reduzir os seus níveis de estresse. Faça atividades relaxantes (Yoga, Meditação, exercícios), faça psicoterapia.

3 – Você não está dormindo bem

Sono de má qualidade causa problemas como o ganho de peso. Vários estudos já comprovaram que a falta de sono prejudica a produção de leptina (hormônio da saciedade) e aumenta a produção de grelina (hormônio que ativa a sensação de fome).

O efeito desse problema é que você come mais e demora muito mais tempo para se sentir satisfeita(o).

Portanto, se você não tem dormido bem, é melhor procurar formas de melhorar o seu sono.

4 – Você tem a síndrome dos Ovários policísticos

O organismo das mulheres que têm a síndrome dos Ovários policísticos produz mais insulina, e esse hormônio em excesso favorece o ganho de peso.

A síndrome também provoca irregularidades no ciclo menstrual, aumento de pelos e acne.

O aumento de peso é bastante comum entre as mulheres que têm a síndrome dos Ovários policísticos, portanto, ao invés de fazer outra dieta maluca, procure um ginecologista e faça uma consulta para verificar se você não tem ovários policísticos.

5 – Você tem algum problema na tireoide

Você sabia que doenças da tireoide podem provocar aumento de peso?

Quem têm hipotireoidismo pode ganhar peso mesmo quando faz atividades físicas e se alimenta corretamente.

Além disso, pode apresentar sonolência, cansaço, prisão de ventre e pele seca.

A dica aqui é procurar um médico para fazer uma avaliação. Através de exames específicos o médico conseguirá apontar se você tem ou não algum problema relacionado à tireoide.

Considerações finais

O ganho de peso nem sempre está relacionado à alimentação incorreta e hábitos sedentários.

Muitos outros fatores podem contribuir para o seu aparecimento e agravamento (aqui nesse artigo relatamos apenas os mais comuns), portanto, é sempre importante consultar um profissional de saúde qualificado antes de fazer qualquer dieta ou iniciar um programa de exercícios.

Seja sempre muito cuidadosa(o) com a sua saúde, tome muito cuidado com dietas e promessas milagrosas de emagrecimento.

Recomendados Para Você:

Cadastre-se Agora e Receba Nosso Livro Digital e Nossas Dicas de Emagrecimento Saudável No Seu Email. Aproveite, É Grátis!

100% livre de spam.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

1 Comentário

  1. Domingas Veloso disse:

    Obrigada pela dica Cristiano