Óleo de cártamo emagrece mesmo? A verdade sobre esse óleo

O óleo de cártamo emagrece mesmo? Segundo algumas pesquisas realizadas nos últimos 20 anos ele emagrece sim. Esse óleo é classificado pela ANVISA (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) como suplemento alimentar, entretanto, é preciso tomar certos cuidados com o seu uso, pois ele tem algumas contraindicações. Leia o artigo abaixo e saiba os benefícios do óleo de cártamo, bem como suas contraindicações e a maneira correta de utilizá-lo para emagrecer.

Por que o óleo de cártamo emagrece?

óleo de cártamo emagrece simO óleo de cártamo emagrece porque ele reduz o apetite e aumenta a sensação de saciedade. Assim, o corpo acaba tendo que utilizar como combustível aquelas gordurinhas que estão armazenadas. Os efeitos positivos aparecem principalmente na região da barriga, já que o cártamo reduz, principalmente, a gordura dessa região.

Esse óleo possui ácido linoleico, que atua bloqueando a transferência da gordura da corrente sanguínea para as células. Isso é muito importante, pois ajuda a eliminar a gordura armazenada, pois o corpo a utilizará como energia.

Benefícios do óleo de cártamo

Agora você já sabe que o óleo de cártamo emagrece mesmo, mas os benefícios vão além.

Esse óleo possui muita Vitamina E, e possui também ação antioxidante, assim ele é excelente para a retirada dos radicais livres do organismo, o que retardará o seu envelhecimento e diminuirá os riscos de você sofrer com doenças. O óleo possui também propriedades anti-inflamatórias.

Além disso, o óleo de cártamo acelera o metabolismo, aumenta a massa magra e o HDL (o colesterol bom). Ele também reduz o risco de você sofrer com arteriosclerose.

Contraindicações

Apesar de oferecer muitos benefícios, o óleo de cártamo possui algumas contraindicações.

Pessoas alérgicas a ovos ou a óleo de soja não devem utilizá-lo, bem como aquelas pessoas com problemas renais ou que possuem diabetes.

Mulheres grávidas, ou que pretendem engravidar, também não podem utilizá-lo. O mesmo vale para as lactantes.

Efeitos colaterais

O consumo de óleo de cártamo para emagrecer pode provocar alguns efeitos colaterais.

Os principais efeitos colaterais são:

# Aumento da taxa de glicose no sangue

# Dores de cabeça, náuseas e sudorese

# Pode provocar elevação da peroxidação lipídica

# O óleo de cártamo possui uma grande quantidade de ácidos graxos essências de ômega 6, em excesso, esses ácidos podem provocar doenças cardiovasculares e diabetes

Esses efeitos colaterais podem aparecer, mas são bastante raros.

Como utilizar o óleo de cártamo para emagrecer

O óleo de cártamo pode ser utilizado como óleo de cozinha, pode também ser colocado em saladas e consumido como suplemento nutricional. No caso do óleo em cápsulas, normalmente a recomendação é tomar duas vezes ao dia, sempre 30 minutos antes das principais refeições.

Apesar de apresentar poucos efeitos colaterais e contraindicações, antes de utilizar o óleo de cártamo é importante procurar orientação de um médico e nutricionista, afinal, com a saúde não se brinca.

Finalizando…

O óleo de cártamo emagrece mesmo, e pode ser um grande aliado de quem está com dificuldades para perder peso. Contudo, antes de fazer uso desse recurso é importante procurar orientação de um profissional de saúde qualificado.

Você precisa ter em mente também que o óleo de cártamo não faz milagres, ou seja, ele sozinho não fará você emagrecer rápido. Para alcançar resultados realmente interessantes você precisa manter uma dieta balanceada e praticar exercícios físicos regularmente.

Leitura Complementar:

# Qual o melhor suplemento para emagrecer com mais facilidade?

# Remédios naturais para emagrecer rápido e com saúde

# Segredos para emagrecer de forma saudável e sem passar fome

Você já utilizou óleo de cártamo para emagrecer? Deixe o seu comentário, compartilhe conosco a sua experiência.

24 Comentários

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *