Regime do carboidrato para emagrecer rápido requer cuidados

Na maioria das vezes, a primeira providência que uma pessoa que deseja emagrecer costuma tomar é diminuir o consumo ou parar de comer alimentos ricos em carboidratos. No entanto, os carboidratos são nutrientes muito importantes para o bom funcionamento do organismo, assim, nem sempre o regime do carboidrato é uma boa opção para acabar com os quilinhos indesejados.

Como funciona o regime do carboidrato?

O princípio do regime do carboidrato é uma diminuição considerável do consumo de carboidratos. Como os carboidratos são a principal fonte de energia do corpo, então o organismo começa a queimar gordura corporal para produzir energia.

Outra artimanha desse regime, é que ele não limita a quantidade de alimentos que podem ser ingeridos diariamente (desde que não contenham carboidratos). Assim, a pessoa consegue emagrecer rápido sem passar fome, o que torna esse regime bastante fácil de seguir, evitando a desistência precoce.

Regime do carboidrato para emagrecer

No regime do carboidrato, os alimentos ricos em carboidratos são substituídos por alimentos ricos em gorduras e proteínas. Essa substituição leva a um prolongamento da sensação de saciedade, já que as proteínas são digeridas lentamente. Ao prolongar a sensação de saciedade, o regime do carboidrato leva a pessoa sentir menos fome, consequentemente, ela come menos e emagrece mais.

Os perigos do regime do carboidrato

É verdade que o regime do carboidrato é muito bom para promover emagrecimento rápido, contudo, não podemos dizer que esse é um regime saudável.

Os carboidratos são nutrientes essenciais para o bom funcionamento do organismo, portanto, ao retirá-los da alimentação, o corpo acaba sofrendo um duro golpe que reflete negativamente na saúde de quem está fazendo o regime do carboidrato.

Quando existe um déficit de carboidratos no organismo, o corpo entra em um processo chamado cetose. Em cetose o corpo queima muita gordura para produzir energia. Isso tem um lado positivo, pois promove uma grande perda de peso muito rapidamente, no entanto, esse processo gera uma grande liberação de corpos cetônicos.

O problema é que o excesso de corpos cetônicos pode fazer com que o sangue fique muito ácido, favorecendo o surgimento de uma complicação grave chamada cetoacidose.

A cetoacidose é uma complicação potencialmente mortal, e provoca sintomas como fadiga intensa, confusão mental, tonturas, náuseas, vômitos, dor abdominal, mau hálito, dificuldades para respirar, dentre outros.

O regime do carboidrato também pode provocar sobrecarga renal, já que a ingestão excessiva de proteína torna mais difícil o funcionamento dos rins. Se essa situação for mantida por muito tempo, a pessoa pode desenvolver um quadro de insuficiência renal.

O consumo exagerado de proteína animal também pode aumentar os níveis de LDL (colesterol ruim) no sangue, favorecendo o surgimento de problemas cardiovasculares.

Por causa desses perigos, é importante tomar precauções quanto ao regime do carboidrato:

  • Não faça o regime do carboidrato por mais de 7 dias;
  • Não se esqueça de tomar bastante água;
  • Procure orientação de um médico ou nutricionista antes de reduzir ou cortar o consumo de carboidratos;

Como fazer o regime do carboidrato para emagrecer mais rápido?

Se você ainda deseja fazer o regime do carboidrato para perder peso mais rápido, existem várias dietas que trabalham com esse princípio da redução do consumo de carboidratos.

As mais famosas são a Dieta da Proteína ou Dieta Atkins, a Dieta da USP, e a Dieta Dukan. Se você deseja fazer o regime do carboidrato, basta seguir uma dessas dietas.

Aqui no blog Emagrecimento Urgente disponibilizamos alguns artigos que explicam detalhadamente como fazer e como funcionam essas dietas. Para ler os artigos clique nos títulos abaixo:

Cadastre-se Agora e Receba Nosso Livro Digital e Nossas Dicas de Emagrecimento Saudável No Seu Email. Aproveite, É Grátis!

100% livre de spam.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!